Lula e Polvo: Entenda a diferença

Quando o assunto é frutos do mar, os benefícios para a saúde são inúmeros. E assim como os peixes, eles são ricos em ômega 3, ajudam na redução das taxas de colesterol e no risco de doenças cardíacas. Camarões, ostras, siris, lagostas, lula ou polvo – todos eles possuem muitas vitaminas do complexo B, minerais como ferro, potássio, zinco, magnésio e ácidos graxos, a tal da “gordura boa”.

Hoje vamos falar sobre a dupla: lula e polvo. Bem parecidos, eles confundem muita gente e por isso vamos mostrar suas principais diferenças tanto nas questões físicas, quanto em seus benefícios para nossa saúde.

Vamos lá? 😊

Lula x Polvo: Forma física

Por conta dos tentáculos, os dois animais fazem muitas pessoas errarem na hora de escolher quem é quem. Em uma análise simples você consegue identificar facilmente suas diferenças: Veja qual dos dois possui um corpo mais comprido e alongado, como se fosse um tubo – essa é a lula.o polvo, você consegue identificar reparando em seu corpo mais arredondado e um maior número de tentáculos (a lula possui apenas dois tentáculos, e o resto se trata apenas de nadadeiras).


Lula x Polvo: Gastronomia


A paella (prato típico espanhol) é um bom exemplo onde você encontra os dois animais juntos, porém suas propriedades nutricionais permanecem distintas.
Na cozinha é preciso cuidado, afinal eles são ingredientes super delicados, e é preciso uma atenção maior na hora de limpar e preparar. Assim como a lagosta e o camarão, você deve se atentar para não ultrapassar o tempo correto de cozimento. Isso porque em poucos segundos esses ingredientes deixam de ser macios e perfumados, e passam para uma forma dura e sem gosto, ficando bem “borrachudo”.

Outra dica de ouro na hora de preparar a lula e o polvo é pensar bem na escolha dos temperos, molhos e acompanhamentos – molhos pesados podem camuflar o sabor intenso e característico deles.

Aqui no Peixe da 13 nós trabalhamos apenas com a lula – feita à dore ela é um dos pratos mais pedidos para um happy hour com os amigos. Para saber mais sobre nosso cardápio, clique aqui 😉

Lula x Polvo: Saúde

O polvo, assim como os peixes, é rico em ômega 3. Isso significa que ele ajuda a prevenir problemas de hipertensão, infartos e também é um poderoso antioxidante, que evita o envelhecimento precoce. Além disso, é fonte de proteína, tem baixo teor de gordura, possui aminoácidos e vitaminas B12 – por isso é um ótimo alimento para quem pratica esportes.

A lula é considerada mais benéfica para a saúde por possuir um valor nutricional maior. Ou seja, ela também tem vitamina B12, mas seu teor é mais elevado. Ela é rica em vitamina B3, que fornece energia para o nosso corpo e equilibra os níveis de açúcar no sangue, o que previne a diabetes. Resumidamente, o consumo de lula auxilia no sistema imunológico, faz bem ao coração e apresenta os menores níveis de contaminação por mercúrio – por isso é considerada um dos frutos do mar mais benéficos para a saúde.

Até a próxima dica!  

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.