Consuma os peixes ricos em ômega 3

omega 3 peixes para saude

Muito se escuta falar sobre os benefícios de consumir peixes no dia a dia, principalmente por ser um alimento rico em ômega 3. Mas, você realmente sabe o que isso quer dizer? Quais são os benefícios reais do ômega 3 para o nosso organismo? Se a resposta é não, acompanhe nosso post de hoje! 😊

O peixe é realmente um alimento muito nutritivo e não importa o tipo. Ele é rico em proteínas, iodo, fósforo, cálcio, vitaminas A, E, B e D. Mas, entre todos eles, o seu principal nutriente é o ômega 3. Confira:

Por que adicionar o Ômega 3 na dieta?

O ômega 3 é a famosa gordura boa para o organismo, e encontra-se principalmente nos peixes de água do mar, como salmão, atum e sardinha, mas também pode ser encontrado nas sementes como chia, linhaça, entre outras.

O seu principal papel no organismo é reduzir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom, auxilia na redução de inflamações e melhora o sistema imunológico. Diante desses benefícios, o consumo de peixe se torna tão importante, afinal ele reduz o risco de doenças cardiovasculares como aterosclerose e infarto, além de prevenir outros problemas, como o AVC.

Além das suas fontes naturais como os peixes na alimentação, o ômega-3 também pode ser consumido em cápsulas, que são vendidas em farmácias e lojas de suplementos.

Qual peixe escolher?

Separamos os 3 principais peixes para você adicionar na sua alimentação e colher os melhores benefícios do ômega 3 e os demais nutrientes. Acompanhe:

Salmão

Este é um peixe riquíssimo em ômega 3: Uma porção de 100 gramas de salmão possui entre 1 e 1,4 gramas do lipídio. Uma boa quantidade de ômega 3, benéfica para o cérebro. Isto porque uma das funções desta gordura é contribuir para a formação de um dos principais componentes dos neurônios. Segundo a nutróloga Valéria Goulart, diretora da Associação Brasileira de Nutrologia,

“O cérebro é feito de cerca de 65% de gordura, sendo a maior parte composta por DHA, um tipo de ômega 3, substância fundamental para a formação do córtex cerebral.”

Além disso, o ômega 3 presente no salmão tem um efeito vasodilatador, o que faz aumentar a presença do oxigênio e nutrientes no cérebro. Uma pesquisa realizada pela Northumbria University, no Reino Unido, concluiu que o consumo de peixes como o salmão semanalmente melhora a circulação cerebral e diminui o risco de demência ao envelhecer.

Quer saber mais sobre os benefícios do salmão? Clique aqui!

Bacalhau

O bacalhau também faz parte da lista dos peixes mais ricos em ômega 3. Além disso, outro nutriente muito importante e encontrado no peixe é a vitamina B12. Sua principal função é estimular a produção das células do sangue, equilibrando o sistema nervoso, sistema de imunização do corpo e os níveis de glicose no sangue.

“Sua falta pode causar fadiga, prisão de ventre, perda de apetite, perda de memória e até mesmo sentimento de tristeza.”

Mesmo assim, é preciso tomar alguns cuidados ao consumir o bacalhau: De modo geral ele, assim como os outros peixes, fazem muito bem à saúde, são saborosos e ricos em nutrientes, mas para quem sofre com o excesso de ácido úrico no organismo, é recomendado evitar alguns alimentos, dentre eles está o bacalhau, pois ele pode aumentar a retenção de ácidos no corpo.

Atum

O atum também se destaca como um peixe privilegiado de ômega 3: 100 gramas dele possui entre 0,5 e 1,6 gramas do nutriente. Um dos seus principais benefícios é ajudar a lubrificar os olhos e manter a integridade das células da retina.

Mas, nem tudo são flores! Ao consumir o atum, é preciso tomar algumas precauções devido a quantidade de mercúrio que pode conter no atum. Recomenda-se consumir não mais de 3-4 latas de atum de 100 gramas por dia (300-400 gramas) (90-120 gramas de proteína).

Conclusão

O ômega 3 é uma gordura poli-insaturada, que proporciona boa parte dos benefícios do peixe. Portanto, as espécies que tiverem maior quantidade deste lipídio serão as melhores para a sua saúde.  Fique atenta à quantidade de peixes que você consome durante a semana e aproveite todos os benefícios que esse alimento pode proporcionar para a sua saúde! 😉

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.